Cliente pode acionar Justiça contra empresas que negam acesso a sites. - Alternative Art

Cliente pode acionar Justiça contra empresas que negam acesso a sites.

1085 visualizações

comentários

Muitas agências de criação não entregam senhas para segurar consumidor. Ação é proposta em caso de dano material ou moral, explica advogada.

Muitas empresas de criação de sites tentam segurar o cliente dificultando a liberação de senhas e logins quando ele decide mudar de agência. A prática é considerada abusiva e pode ser reparada na Justiça quando há danos, explicou a advogada de São Carlos (SP) Judith Marini.“Se o cliente tem uma loja virtual que não está faturando, ou se isso gerou problema de faturamento é um dano material. Além disso, tem o dano moral também”, disse.

Gerente de um varejão na cidade, Lucimara Callegario passou por esse problema. A agência publicitária contratada para fazer o site do estabelecimento fechou e a página ficou desatualizada. “As pessoas com quem ficaram alguns contatos também diziam que não tinham essas chaves de acesso para poder fazer o manuseio correto do site”, contou. Foram quase dez anos para regularizar a situação. O endereço do site, que era “ponto com” passou para “ponto br”. Para isso, a gerente ainda precisou comprar o domínio, que já pertencia a outra empresa.

Quando a agência de publicidade tem a senha e não repassa a informação. O cliente fica preso. A página na internet parada é prejuízo. Por isso, a dica na hora de contratar o serviço é exigir os dados de acesso. É uma forma de manter o controle do site.

Cuidados

Todos os sites são cadastrados na página “Registro.br”, que reúne domínios no Brasil. Por isso, é importante saber o nome do usuário e a senha, caso contrário a empresa terá muito trabalho para comprovar que é dona da página.

O publicitário Leonardo Henrique La Vezzo disse que na agência dele metade dos clientes que chegam para desenvolvimento de site chegam com esse problema. “É preciso fazer um registro em cartório, passar os documentos da empresa, CNPJ, todos os dados corretos”, explicou.

O gerente de marketing Cássio Mastropietro contou que sofreu quando decidiu trocar a agência que cuidava do site da imobiliária que ele administra. “Vários empecilhos foram apresentados pelas pessoas para que a gente não tivesse acesso a senhas e tudo mais. Com isso, eu não conseguia transferir registros, nada. Ele simplesmente travou a gente”.

A nova agência tem as senhas, mas o dono da imobiliária também. É uma forma de garantir a segurança do site. “Aqui a gente trabalha com informações pessoais de mais de cinco mil clientes, então eu tenho que ter a garantia que só quem a gente quiser vai ter acesso a esse tipo de informação”, afirmou.

Fonte: G1

TAGS: registro de domínio, problemas com registro, como proceder quando o desenvolvedor não passar dados do domínio, registro.br, domínio com outro desenvolvedor, conseguir dados do domínio, problemas com registro de domínio

Autor:

Rua Ricardo de Jesus Ferreira, 215 - Cachoeira do Sul/RS

(51) 3530-1666

contato@agenciafaro.com.br